Isto foi o que Freud disse sobre a saúde mental do pequeno Hitler

Em 1895, o célebre psicanalista Sigmund Freud fez uma interconsulta com o médico austríaco Eduard Bloch.

Bloch estava preocupado com a saúde mental de um de seus pacientes, o pequeno Adolf Hitler, que, com apenas 6 anos, sofria com terríveis pesadelos crônicos e crises nervosas frequentes.

Ao analisar o caso, Freud recomendou a seu colega que o pequeno fosse internado em uma clínica de saúde mental. 

Apesar de a mãe de Hitler apoiar a ideia, seu pai, Alois Hitler, negou veementemente o tratamento.

Será que se ele tivesse seguido o conselho de Freud, a história do século XX seria diferente?