A ciência da flatulência

Um ser humano expulsa entre 10 e 20 gases por dia, cada um com o volume de uma bola de golfe.

Os flatos se formam com os gases que engolimos diariamente, além dos gerados durante o processo digestivo.

São compostos de 25% de oxigênio e nitrogênio e 74% de uma mistura de hidrogênio, metano e dióxido de carbono.

O característico mau cheiro é causado por 1% de enxofre em sua composição.

Esse aroma desagradável, similar ao de ovos podres, pode ser responsável em parte pelo tabu acerca dos flatos. 

Mas, apesar da má fama que possuem, as flatulências são muito benéficas à nossa saúde, auxiliando o corpo a liberar toxinas e nos enviando valiosas informações sobre nosso estado geral.