8 sinais biológicos que indicam que você está envelhecendo

Os fatores de deterioração do nosso organismo podem se dar por conta de nosso estilo de vida ou genética, mas são sempre inevitáveis. Aqui vão alguns deles:

 

  1. Acumulam-se os danos em nosso DNA
    Com a idade aumentam os possíveis erros na transmissão de informações.

 

Esse fenômeno, conhecido como “instabilidade genômica”, é especialmente relevante quando o dano no DNA afeta as funções das células-tronco ou coloca em risco sua capacidade de renovar os tecidos.

 

 

  1. Os cromossomos se desgastam

O desgaste dos cromossomos os deixa sem proteção e faz com que eles não se repliquem corretamente.

 

As investigações associaram a deterioração dos telômeros com o desenvolvimento de doenças como a fibrose pulmonar e a anemia aplásica, que faz com que diferentes tecidos percam sua capacidade regenerativa.

 

 

  1. A expressão dos genes se altera

Os anos e os hábitos de vida podem alterar a forma com que se dão os mecanismos epigenéticos, que pode fazer com que as células se comportem de maneira diferente de como deveriam.

 

 

  1. Perdemos a capacidade de renovar as células

Nosso organismo tem a capacidade de prevenir o acúmulo de componentes danificados e assegurar a renovação contínua de nossas células.

 

Essa capacidade, no entanto, diminui com o passar dos anos. Assim, as células começam a acumular proteínas que não servem para nada ou tóxicas, que, em alguns casos estão relacionadas com doenças como o Alzheimer, o Parkinson e as cataratas.

 

  1. As mitocôndrias param de funcionar

Elas abastecem as células com energia, mas, com os anos, perdem sua eficácia e quando não funcionam de maneira correta, podem causar danos ao DNA.

 

Alguns estudos sugerem que reparar as funções das mitocôndrias pode aumentar a expectativa de vida nos mamíferos.

 

 

  1. As células se tornam “zumbis”

Quando uma célula acumula muitos danos, ela detém seus ciclos, evitando produzir outras células defeituosas, mas, ao mesmo tempo, acelera seu próprio envelhecimento.

 

Este envelhecimento, por sua vez, pode causar outros danos relacionados ao passar dos anos em nível celular.

 

  1. As células-tronco se cansam

A diminuição do potencial regenerativo dos tecidos é uma das características mais evidentes do envelhecimento.

 

As células-tronco se esgotam com o passar do tempo e deixam de cumprir sua função regenerativa.

 

Estudos recentes sugerem que rejuvenescer as células-tronco pode reverter a forma com que o envelhecimento acontece no organismo.

 

 

  1. As células deixam de se comunicar

As células estão em constante comunicação entre si, mas, com o passar do tempo, essa capacidade vai diminuindo.

 

Isso causa o aumento das inflamações, que, por sua vez, impedem que outras células se comuniquem.

 

A falta de comunicação também causa a diminuição dos alertas sobre a presença de agentes patógenos e células malignas.