MARTE

Veja o que destruiu a atmosfera - e possivelmente a vida - de Marte

Nosso vizinho não foi sempre o planeta árido e gelado que conhecemos. Há muito tempo, possuía oceanos, atmosfera e, muito possivelmente, vida microbiana. O que foi que aconteceu então?

Vídeo relacionado:
De acordo com uma pesquisa realizada por cientistas da NASA a partir de dados coletados pela sonda MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution Mission), a causa da “morte” de Marte foi a mesma que permite a existência de vida na Terra: o Sol.

Segundo os pesquisadores, a radiação intensa emitida por uma estrela jovem, como era o Sol naquele momento, foi destruindo aos poucos a atmosfera de Marte, fazendo com que ela desaparecesse nos primeiros bilhões de anos do nosso Sistema Solar.

Eles chegaram a essa conclusão após analisar a concentração do gás argônio nas camadas superiores da atmosfera marciana – trata-se de um gás que não reage quimicamente com outras substâncias e só podia desaparecer ao ser impulsionado pelas partículas do vento solar.

Para Bruce Jakosky, o cientista responsável pela MAVEN, isso não ocorreu na Terra por causa do campo magnético global que faz com que o vento solar fique a uma grande distância do planeta.


Fonte: Playground Mag

Imagem: Shutterstock