O UNIVERSO

Stephen Hawking desafia teoria de Einstein e sugere que nem tudo é engolido por um buraco negro

Existe alguma coisa que pode escapar dos buracos negros?

Esta pergunta tem incomodando os físicos há pelo menos 40 anos, e enquanto não temos uma resposta ainda, podemos pensar em algumas teorias a partir de pistas importantes.

Stephen Hawking, Malcolm J. Perry e Andrew Strominger sugeriram que existe informação que pode realmente sobreviver e não ser engolida pelos buracos negros. Os cientistas apontam que os buracos negros são rodeados por energia no vácuo que pode "gravar" a carga das partículas que entram nestas estruturas, por isso a informação não é perdida. Ou seja, essas informações estariam fora, e não dentro do buraco.

Se esta abordagem, publicada na revista Physical Reviews Letters, pode ser repetida para a gravidade, os cientistas podem ter encontrado uma maneira de resolver o paradoxo da informação que tem intrigado estudiosos sobre os buracos negros desde o trabalho inicial de Hawking sobre o assunto, em 1975.

Vale lembrar que, de acordo com a teoria geral da relatividade de Einstein, toda a informação que cruza o limite de um buraco negro é perdida para sempre. Nem a luz poderia ser recuperada, de acordo com a teoria. 

Muito trabalho ainda é necessário para resolver verdadeiramente o problema da informação que é perdida ou não nos buracos negros; não está claro se todas as informações podem ser transferidas, mas quem sabe essa pesquisa possa estar no caminho certo.


Fonte: IFL Science, Exame

Imagem: oorka/Shutterstock.com