DITADORES

Saiba quais foram os ditadores já indicados ao Nobel da Paz

Certamente, o Prêmio Nobel da Paz é considerado um dos maiores prêmios a que qualquer figura pública pode aspirar. No entanto, ao longo da história, houve indicações que beiraram o inverossímil.

[VEJA TAMBÉM: Conheça os carros mais adorados pelos maiores ditadores da história] 

Hoje, nomes como Adolf Hitler, Josef Stalin ou Benito Mussolini são sinônimos dos crimes mais cruéis cometidos contra a humanidade. Mesmo assim, eles foram curiosamente propostos à Academia Nórdica, em suas épocas, para receber o Nobel da Paz, prêmio que reconhece as pessoas mais comprometidas com a paz mundial.

Saiba mais sobre a vida de Josef Stalin:


De fato, quando esses três ditadores aspiraram ao prêmio, a Europa viva tempos conturbados e de grande incerteza. Stalin, indicado duas vezes, em 1945 e 1948, foi sugerido por causa de seus esforços para dar fim à Segunda Guerra Mundial.

Alguns anos antes, em 1938, Hitler, talvez o maior genocida da história moderna, teria sido indicado por um membro da Academia Sueca, chamado Brant. Ele era, na verdade, um antifascista declarado que tentou instaurar a polêmica entre os funcionários parlamentares da Suécia, fazendo essa proposta ridícula, de modo a criticar ironicamente a situação europeia dos anos 30.

Em 1935, Mussolini foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz pelos representantes do corpo docente da Universidade de Giessen, na Alemanha, entre os quais o ditador tinha vários simpatizantes ideológicos.

De qualquer modo, em nenhum dos três casos o comitê do governo sueco encontrou méritos suficientes para premiar os ditadores.



Fonte: muyhistoria.es
Imagem: Pe3k/Shutterstock.com