nazistas

Pesquisador afirma ter encontrado bombas nucleares nazistas

“Em algum momento, elas explodirão e teremos um segundo Chernobyl em nossas mãos”, adverte o pesquisador alemão Peter Lohr.

Aos 70 anos, Lohr dedica seus dias ao seu maior passatempo: a história do seu país. Especialista em pesquisas subterrâneas, ele afirma ter detectado a presença de vários objetos metálicos misteriosos, enterrados em uma rede abandonada de túneis que os nazistas construíram no Vale do Jonas, perto da cidade de Chemnitz. 


Sobre o assunto, Peter é categórico: “pelo menos dois dos objetos são bombas atômicas nazistas”. Ele lançou essa afirmação após pesquisas áreas com tecnologia georradar, que ele realiza desde 2012. Mas, só agora, após analisar os resultados com um software 3D, ele foi capaz assegurar com certeza. Segundo ele, a forma dos objetos metálicos é compatível com a de uma arma nuclear.

Indo mais longe, Peter diz que esses objetos ficaram ali por 71 anos, e faz uma advertência categórica: “Em algum momento, eles explodirão e teremos um segundo Chernobyl em nossas mãos”. Até o momento, nenhuma autoridade nacional considerou suas denúncias.



Fonte: Telegraph 

Imagem: Shutterstock.com