papa francisco

Papa Francisco acredita em Deus e no Big Bang

O Papa Francisco já demonstrou em diferentes ocasiões que não foge aos temas polêmicos, aos debates atuais ou milenares e se pronuncia de forma clara e contundente sobre assuntos que muitos prefeririam manter em silêncio. Por isso, ele aceitou refletir sobre a sempre complexa relação entre ciência e religião e, como líder do Vaticano e da Igreja Católica, surpreendeu a todos ao dizer que o Big Bang é tão relevante quanto a teoria do criacionismo e que a Grande Explosão não contradiz a noção de criação, mas a completa.

O cientista tem que trabalhar muito (...) para conseguir alcançar o grau de avanço presente na concepção do Criador-Papa Francisco
De seu ponto de vista, o princípio do mundo não é obra do caos, mas de “um poder supremo criador do amor”, o qual gerou seres que evoluíram para chegar à plenitude, e isso não tem nada a ver com a imagem de “um Deus mago, que com uma varinha mágica deu origem a tudo”. Além disso, ele se aprofundou no papel da ciência no mundo atual a partir de uma perspectiva religiosa e propôs que a função do cientista, “principalmente o cientista cristão, é se perguntar sobre o futuro do mundo e da humanidade (...) preparar, preservar e eliminar os riscos que possam existir, sejam eles de origens naturais ou da ação do homem”. E concluiu, diante de um grupo de acadêmicos reunidos nos Jardins do Vaticano, que “o cientista tem que trabalhar muito (...) para conseguir alcançar o grau de avanço presente na concepção do Criador”.

Fonte e imagens: 20Minutos e SciencesBlogs