ÁFRICA

O primeiro país inabitável por causa da mudança climática

O drama da mudança climática não diminui sua escalada, expondo toda a humanidade a um risco iminente.

No entanto, e apesar das advertências contínuas dos cientistas, as causas não param e as consequências aumentam.

Um país sul-africano poderá ser o primeiro a sofrer as consequências desse fenômeno devastador, transformando-se em um deserto inabitável em menos de 100 anos. Trata-se do Sudão, onde vivem, atualmente, mais de 40 milhões de pessoas.

Hoje, o Sudão é assolado por fortes tempestades de areia, típicas das zonas áridas do planeta, e sofre uma desertificação progressiva. Quase 5 milhões de pessoas sofrem de insegurança alimentar e outras 3,2 milhões enfrentarão a escassez de água em um futuro próximo. Os cientistas afirmam que, para 2060, a temperatura desse país aumentará, pelo menos, 3ºC. Além disso, em algum momento deste século, parte da região passará a ser inabitável.


Fonte: The Huffington Post
Imagem: John Wollwerth / Shutterstock.com