AVENTURA

O desaparecimento misterioso de um explorador britânico em Papua-Nova Guiné

Vídeo relacionado:

O explorador britânico Benedict Colin Allen, de 58 anos, passou, recentemente, várias semanas desaparecido na selva de Papua-Nova Guiné, aonde foi para tentar estabelecer um contato com a tribo perdida dos Yaifo, a qual ele havia conhecido há 30 anos.

Após sua família comunicar que Allen havia perdido o voo no qual deveria ter embarcado de volta ao seu país, várias expedições de resgate foram enviadas à sua procura e, finalmente, o aventureiro regressou à civilização, a bordo de um helicóptero pago pelo jornal britânico Daily Mail.

Ao ser consultado sobre seu desaparecimento, Allen afirmou que o evento se deu por uma série de infortúnios que incluiu desastres climáticos e o fato de ele ter contraído malária, doença da qual ainda está se recuperando.

Apesar de sua viagem desastrosa, o explorador defendeu sua decisão de entrar na selva sem levar um geolocalizador com ele. Porém, após o alarde midiático que o caso gerou, ele afirmou que, futuramente, carregará um GPS para tranquilizar sua família.


Fonte: The Guardian 
Imagem: Infobae