ROMA ANTIGA

As mortes de papas mais terríveis da história

Crucificação, afogamento, decapitação: Roma não tinha piedade dos líderes cristãos. 

Vídeo relacionado:
Nos primeiros séculos da Era Cristã muitos papas foram brutalmente assassinados. O primeiro deles foi ninguém menos que São Pedro, o apóstolo a quem Jesus encomendou pessoalmente a criação da igreja.

  • São Pedro foi crucificado por ordens expressas do imperador Nero. Como o apóstolo se considerava indigno de ser crucificado do mesmo modo que Jesus, seu último pedido foi ser crucificado de cabeça para baixo.
  • No final do século I d. C., o papa Clemente I foi capturado por ordens do imperador Trajano e levado à prisão, onde criou uma comunidade cristã ao lado de outros prisioneiros. Como castigo, foi amarrado a uma âncora e jogado no mar.
  • Outro papa assassinado de forma terrível foi Estêvão I, que, por ordens do imperador Valeriano, um ex-aliado dos cristãos, foi decapitado na frente dos paroquianos enquanto rezava a missa de seu trono.

 


Fonte: Super Curioso

Imagem: Shutterstock