antiguidades

Estatueta romana de dois mil anos estava esquecida em pote de margarina

Há cerca de uma década um fazendeiro usou um detector de metais para procurar tesouros em sua propriedade, no condado de Oxfordshire, na Inglaterra. Ele acabou encontrando uma estatueta, mas não deu muito valor a ela. O objeto foi guardado em um pote de margarina, onde ficou esquecido por muito tempo. Mas agora, descobriu-se que a relíquia é uma peça romana de dois mil anos.

Vídeo relacionado:

A estatueta, feita de liga de cobre e chumbo, representa Minerva, deusa da sabedoria. Quem desconfiou que a peça era mais antiga do que se imaginava foi outro caçador de tesouros amador. Len Jackman, um caminhoneiro aposentado, ouviu do fazendeiro a respeito do objeto e, depois de vê-lo, resolveu entrar em contato com especialistas. 

"Soube na hora que se tratava de uma peça romana", disse Anni Byard, que trabalha identificando artefatos arqueológicos para a administração de Oxfordshire. "É a primeira estátua desse tamanho que vejo em 10 anos de carreira", afirmou.

A estatueta data do primeiro ou segundo século depois de Cristo e provavelmente ficava em um santuário. A peça estava quebrada, com a cabeça separada do corpo. "É um objeto fantástico que pode vir a pertencer ao acervo de algum museu", disse Michael Lewis, do Museu Britânico.


Fonte: The Guardian

Imagem: Rod Trevaskus/Oxfordshire county council/PAS/Reprodução