Agora
TRATO FEITO
17H55
TRATO FEITO
18H20
TRATO FEITO
Todos os horários
BUDISMO

Estado de conservação de monge exumado surpreende seguidores

Uma foto viralizou imediatamente após sua publicação. Nela, é possível ver o corpo de Luang Phor Pian, que morreu em novembro passado, sorrindo tranquilamente. Depois de sofrer uma doença, aos 92 anos, o homem morreu em um hospital em Bangkok, na Tailândia. Dois meses depois, quando seu corpo foi exumado para um procedimento tradicional de mudança de traje, os monges do templo ao qual ele pertencia observaram que seu rosto esboçava um sorriso. Segundo relatos, após a exumação ele aparentava ter morrido há menos de 36 horas.

Vídeo relacionado:

O fenômeno é conhecido como "corpo incorrupto". Céticos afirmam que ele se deve geralmente a condições de preservação favoráveis, como baixas temperaturas e ausência de oxigênio nos caixões. Condições específicas também podem levar à mumificação natural.

Nascido no Camboja, Pian passou a maior parte de sua vida como um líder espiritual e guru budista na província tailandesa de Lopburi. De acordo com os budistas, a aparência de seu corpo era condizente com alguém que alcançou o nirvana (quando atinge-se um estado de perfeita paz, liberdade e euforia após a libertação do ciclo repetitivo de nascimento vida e morte).

 

Fonte: Metro 

Imagem: Sunti/Shutterstock.com