ESPAÇO

Estação espacial chinesa está desgovernada e cairá em local incerto da Terra

A primeira estação espacial chinesa está prestes a cair na Terra. Ninguém ainda sabe ao certo onde será sua queda, mas a colisão poderá deixar destroços por milhares de quilômetros. A Agência Espacial Europeia prevê que o equipamento cairá entre 27 de março e 8 de abril de 2018.

Vídeo relacionado:

A agência espacial chinesa perdeu controle da Tiangong-1 em 2016, cinco anos após o lançamento do módulo. A China foi o terceiro país a lançar uma estação no espaço, depois dos Estados Unidos e Rússia. 

Orbitando a Terra a uma velocidade de milhares de quilômetros por hora, o módulo é um dos maiores objetos a reentrar na atmosfera sem ser direcionado para o oceano, como seria o procedimento padrão para evitar riscos à população. Especula-se que os tanques de combustível usados na estação espacial possam conter hidrazina, que poderia oferecer risco de intoxicação para a população, caso a unidade atinja uma área habitada.

Pelo ângulo de sua órbita, a estação espacial pode cair em locais como o sul da América do Norte e quase toda a América do Sul, China, Oriente Médio, África e sul da Europa. Como a maior parte do nosso planeta é coberta de água, o mais provável é que ela caia na água, de acordo com a Agência Espacial Europeia. Ainda de acordo com os especialistas, as chances de alguma pessoa ser atingida  pelos destroços são muito remotas.

Fonte: The Guardian

Imagem: Alejo Miranda/Shutterstock.com