aliens

Especialistas estudam a fabricação de um elevador direto para o Espaço

Há um século, o russo Konstantin Tsiolkovsky teve a ideia de ir ao espaço utilizando um super elevador. Ao longo de décadas, a ideia foi sendo aperfeiçoada e defendida por pensadores como Arthur C. Clarke, escritor e cientista. Muito foi discutido e, naturalmente, o custo-benefício de uma operação dessa magnitude não foi ignorado. Entretanto, em um mundo preocupado com o meio ambiente e voltado para economia de recursos naturais, a ideia não parece tão absurda. Painéis solares instalados no elevador orbital eliminariam a queima de carbono e o corte de toneladas de árvores na Terra, permitindo ainda um aumento da carga transportada nas viagens espaciais. O elevador funcionaria a partir da instalação de um cabo do equador da Terra até a órbita de uma estação espacial, com um contrapeso na extremidade. Segundo o artigo de Arthur C. Clarke, um dia muitos deixariam de zombar da ideia. Atualmente, contamos com materiais inexistentes na época de Clarke, como os nanotubos de carbono, por exemplo. Segundo Peter Swan, engenheiro-chefe do Consórcio de Elevadores Espaciais, o projeto poderia ser realizado e entrar em funcionamento a partir de 2035. E, certamente, os passageiros desse futuro próximo estranharão o fato de que, em algum dia, foguetes tenham sido utilizados para  levar astronautas da Terra ao espaço.  

Veja também
 

 

FONTES: RT | Cómo ves

 

Imagem: via Wikimedia Commons