ALBERT EINSTEIN

Einstein já sabia: as ondas gravitacionais ocorrem novamente

As ondas gravitacionais, que causaram furor no meio científico há alguns meses, foram detectadas novamente nos Estados Unidos.

Estas dobras no espaço e no tempo, previstas por Albert Einstein há 100 anos, foram captadas por cientistas pela primeira vez na história em setembro ao ano passado e anunciadas ao mundo em fevereiro. Agora, elas ocorreram novamente. Foram captadas nos Estados Unidos no Natal, dia 25 de dezembro, e divulgadas por pesquisadores no último dia 15 de junho. 

Essas últimas ondas foram detectadas por observatórios gêmeos dos EUA, em Livingston, na Louisiana, e Hanford, em Washington. Elas foram provocadas por dois buracos negros distantes, que se fundiram há 1,4 bilhão de anos. O buraco negro formado é aproximadamente 21 vezes maior do que o Sol, segundo os pesquisadores. A violência desse choque provocou reverberações pelo espaço-tempo, que foram percebidas pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser (Ligo, na sigla em inglês).

Vale lembrar que os buracos negros que se fundiram, e cujas ondas foram captadas no último Natal, eram muito menores do que os que colidiram para a formação das ondas identificadas em setembro do ano passado.



Fonte: G1

Imagem: LIGO/T. Pyle