HOMOSSEXUALIDADE

Como viviam os gays na Roma Antiga

Durante o Império, até o casamento entre homens era liberado! 

Vídeo relacionado:
A homossexualidade, regida por regras de protocolo, era uma prática comum na Grécia Antiga. Até a adoção do catolicismo, o Império Romano, herdeiro cultural dos helenos, também aceitava o sexo entre homens, contanto que cumprisse as leis.

Nos primeiros anos da República Romana, foi proibida a pederastia, considerada uma perversão característica dos gregos, e o sexo entre cidadãos livres. Porém, os patrões podiam ter relações sexuais com seus escravos, desde que fossem ativos.

Na época do império, a pederastia não só foi legalizada, como também era permitido o casamento entre homens, já que as atividades privadas não diziam respeito ao foro penal.

A prostituição masculina se tornou uma prática comum, e havia banheiros públicos aonde iam os homens que buscavam relações homossexuais. Existia, inclusive, uma série de códigos gestuais e de vestimenta que indicavam quando um sujeito queria se relacionar com um congênere.

As relações lésbicas não eram regidas por nenhuma lei, provavelmente porque, dadas as normativas de gênero vigentes, estas aconteciam no âmbito doméstico, longe dos olhos inquisidores dos censores.


Fonte: Super Curioso
Imagem: Shutterstock