CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Cientista diz que hindus criaram bebês de proveta há milhares de anos

O primeiro bebê de proveta do mundo nasceu em 1978, na Inglaterra. Mas agora, um cientista indiano diz que hindus já haviam desenvolvido a técnica de fertilização in vitro há milhares de anos. A declaração foi recebida com revolta por seus colegas.

Vídeo relacionado:

Vice-reitor da Universidade Andhra, G. Nageshwar Rao se baseou em um texto religioso para fazer a afirmação polêmica. Segundo a mitologia, uma mulher chamada Gandhari, esposa do rei Dhritarashtra, deu à luz cem crianças, conhecidas como Kauravas. Durante uma conferência, Rao atribuiu o feito ao domínio de fertilização in vitro por parte dos antigos hindus.

"Centenas de Kauravas nasceram de uma única mãe devido à pesquisa de células-tronco e tecnologia de bebês de proveta", disse Rao. "Aconteceu há milhares de anos. Isso era ciência em nosso país", completou. Baseado em uma outra lenda sobre um rei-demônio, o cientista disse ainda que os indianos daquela época dominavam a fabricação de mísseis teleguiados.

Diversos cientistas indianos condenaram as declarações de Rao. Um grupo de pesquisadores chegou a se reunir em um protesto no Instituto de ciência de Bengaluru. Premendu P. Mathur, secretário-geral da Associação Científica Indiana disse que a entidade não corrobora com as declarações do cientista. Outras entidades também manifestaram contrariedade a respeito da fala de Rao.


Fonte: Newsweek

Imagem: Shutterstock.com