Todos os horários
redes sociais

Brasileiros atacam vídeo da embaixada alemã sobre o nazismo

Recentemente, a questão sobre o nazismo ser de direita ou esquerda esquentou as redes sociais (que o HISTORY explicou neste link). Agora, o assunto voltou às manchetes. Tudo isso porque alguns brasileiros contestaram um vídeo da embaixada alemã que classificava a ideologia praticada pelo Terceiro Reich como de extrema-direita.

A publicação da embaixada destacava a importância de preservar a memória a respeito dos crimes praticados pelo nazismo, como o Holocausto, que assassinou cerca de 6 milhões de judeus e fez cinco milhões de vítimas de outros grupos. Entre as motivações do vídeo estavam as recentes manifestações de grupos neonazistas na Alemanha.

"Devemos nos opor aos extremistas de direita", diz o ministro das relações exteriores da Alemanha em um trecho do vídeo. A postagem gerou questionamento de alguns brasileiros, que insistem que o nazismo na verdade seria um movimento de esquerda. Outros comentários chegavam até mesmo a contestar a veracidade do Holocausto.

A embaixada alemã teve que responder a alguns comentários, reafirmando que o Holocausto é um fato histórico e pedindo respeito nas postagens. Negar o Holocausto, exibir símbolos nazistas e fazer a saudação nazista a Adolf Hitler são crimes na Alemanha.


 Fonte: O Globo

Imagem: Mark Reinstein/Shutterstock.com