astronomia

"Ação termonuclear": cientistas flagram inédita explosão de estrela

Astrônomos capturaram imagens de uma estrela antes e depois de explodir, fato que ocorre acontece quando uma anã branca absorve o gás de uma estrela muito maior, que explode.

O fenômeno, que ocorreu a 20 mil anos-luz, foi parte de um estudo que teve como objetivo encontrar matéria escura.

“Graças às nossas observações em longo prazo é que conseguimos detectar essa nova alguns anos antes e depois da explosão. Isso é muito incomum porque, geralmente, as novas só chamam a atenção quando são muito brilhantes, quando estão em erupção”, contou Przemek Mróz, autor da pesquisa polonesa e estudante de doutorado do Observatório Astronômico da Universidade de Varsóvia.

Quando a estrela anã fica presa na órbita da estrela grande, a distância entre as duas é muito pequena. “Imagine que dentro do Sol haja duas estrelas orbitando entre si”, explica Mróz. “Ao estar tão próxima, a anã rouba o gás constantemente, e a matéria extra que fica na superfície gera uma ação termonuclear que faz com que essa matéria exploda”, ele concluiu.



Fonte: BBC
Imagem (Ilustrativa): KULACZYK / WARSAW UNIVERSITY OBSERVATORY