Hoje na história

04.DEZ.1931

O governo do presidente salvadorenho Arturo Araujo é derrubado

Durante as eleições de 1931, em El Salvador, Arturo Araujo foi eleito presidente e assumiu o cargo em meio a uma grave crise econômica ocasionada pela queda nos preços do café em até 54%. Os salários foram reduzidos nessa mesma proporção ou mais, ao passo que a inflação aumentou de maneira impressionante. Após nove meses do início de sua presidência, um grupo de militares do país, apoiados pela oligarquia cafeeira, uniram forças e derrubaram o governo de Araujo em 4 de dezembro de 1931, criando o Diretório Cívico Militar que entregou o poder ao Gral. Maximiliano Hernández Martínez, que nessa época atuava como vice-presidente e ministro de guerra da República. Arturo Araujo foi um homem de cultura elevada e um destacado historiador, tendo estudado na Grã-Bretanha onde conheceu a ideologia socialdemocrata do Partido Trabalhista Britânico. Para a campanha presidencial de 1930, fundou o Partido Trabalhista de El Salvador.

 

 


 

Imagem: Nightstallion [Domínio público], via Wikimedia Commons