Formulário de busca

HOJE NA HISTÓRIA

07-01-1943

"Inventor da Modernidade", Nikola Tesla morre pobre e no ostracismo

Considerado um dos inventores da modernidade, Nikola Tesla morria em um dia como este, no ano de 1943, em Nova York. Nascido em 10 de julho de 1856, em Smiljan, no então império Austríaco (hoje Croácia), ele deixou sua marca nos campos da engenharia mecânica e elétrica.

Tesla ficou conhecido por suas contribuições revolucionárias no campo do electromagnetismo, no fim do século XIX e início do século XX. Suas patentes e seu trabalho teórico formam as bases dos modernos sistemas de potência eléctrica em corrente alternada (AC), assim como os sistemas polifásicos de distribuição de energia e o motor AC. Tesla contribuiu em diferentes níveis nas áreas da robótica, controle remoto, radar e ciência computacional, expansão da balística, física nuclear e física teórica.

Em 1884, Tesla se mudou para os EUA, onde obteve fama e se tornou um dos cientistas mais conhecidos do país. Contudo, ele possuía uma personalidade muito excêntrica - com manias e fobias - e também defendia ideias controversas. Acabou no ostracismo e era visto como um cientista louco. Também nunca se casou ou se preocupou muito com o seu dinheiro. Morreu pobre, aos 86 anos. Em sua homenagem, no ano de 1960, foi criado o "tesla", uma unidade do Sistema Internacional que mede a densidade do fluxo magnético ou a indução magnética (geralmente conhecida como campo magnético "B"). A cratera Tesla no lado mais distante da Lua e o planeta menor 2244 Tesla foram também nomeados em sua honra.

 


Imagem: See page for author [Public domain], via Wikimedia Commons

O INFILTRADO Sexta, 11 de setembro, às 18h15

MORTE

O INFILTRADO Sábado, 08 de agosto, às 18h15

MORTE

Loading