Hoje na história

11.Abr.2002

Golpe de Estado contra Hugo Chávez na Venezuela

O Golpe de Estado de 11 de abril de 2002 foi uma tentativa de derrocamento contra o presidente venezuelano Hugo Chávez. Cercado por fortes protestos e uma greve geral convocada pela Fedecámaras, que durou mais de três dias, no dia 11 de abril de 2002, o comando da oposição ao governo de Chávez convocou uma marcha, a qual foi desviada eventualmente ao Palácio de Governo, localizado em Miraflores, Caracas. Ao redor dele haviam se reunido simpatizantes de Hugo Chávez e quando os dois grupos se encontraram houve lutas que causaram vários mortos em ambos os grupos. Apesar de ainda se discutir quem começou e quem continuou o tiroteio nessa tarde, a verdade é que pouco depois o alto comando militar venezuelano anunciou, através do general Lucas Rincón Romero, a renúncia de Chávez. Imediatamente, militares adversos a Hugo Chávez executaram um Golpe de Estado, colocando como primeiro mandatário nacional o presidente da Fedecámaras, Pedro Carmona Estanga. Após os fortes protestos dos simpatizantes de Chávez e algumas pressões internacionais, já que muitos países não reconheceram Carmona, os militares leais ao Governo retomaram o poder e Chávez reassumiu a Presidência na madrugada do 14 de abril de 2002.

 


Imagem: Valter Campanato/ABr [CC BY 3.0 br], via Wikimedia Commons