Hoje na história

29.Oct.1810

Fundação da Biblioteca Nacional do Brasil, a maior da América Latina

No dia 29 de outubro de 1810, o Príncipe Regente D. João, baixou o decreto que determinava a criação da Real Biblioteca, hoje a Biblioteca Nacional do Brasil, no Rio de Janeiro. O local só foi aberto ao público em 1814. Com a transferência da corte de Portugal para o Brasil, em 1808, o acervo trazido para a então colônia - 60 mil peças, entre livros, manuscritos, mapas, estampas, moedas e medalhas - foi, inicialmente, acomodado numa das salas do Hospital do Convento da Ordem Terceira do Carmo, na Rua Direita, hoje Rua Primeiro de Março.

Quando a família real regressou para Portugal, em 1821, D. João VI levou grande parte dos manuscritos do acervo. Depois da proclamação da independência, a aquisição da Biblioteca Real pelo Brasil foi regulada mediante a Convenção Adicional ao Tratado de Paz e Amizade celebrado entre o Brasil e Portugal, em 29 de agosto de 1825. Considerada pela Unesco uma das dez maiores bibliotecas nacionais do mundo e também a maior da América Latina, a Biblioteca Nacional possui hoje cerca de nove milhões de itens. Ela está localizada na Av. Rio Branco, no Rio de Janeiro.

 


Imagem: Halleypo [CC BY-SA 3.0], via Wikimedia Commons