Hoje na história

28.set.0351

É travada a Batalha de Mursa Major, uma das mais sangrentas na história de Roma

A Batalha de Mursa Major começou no dia 28 de setembro de 351 entre uma armada romana dirigida pelo imperador Constancio II e as forças do usurpador romano Magnêncio. Antes da batalha, Constancio enviou Flavius Philippus, seu governador pretoriano oriental, para negociar com Magnencio, formalmente, com a finalidade de negociar a paz, mas na realidade para descobrir a fortaleza do inimigo. Philippus propôs retirar-se e conservar o território da Gália. Depois desta missão infrutífera, um dos comandantes de Magnencio, o franco Cláudio Silvano, desertou com seus homens para unir-se a Constancio. Silvano dirigia uma ala forte da cavalaria de Magnêncio. A batalha foi uma das mais sangrentas na história de Roma, e além do mais, foi a primeira vez que os legionários romanos foram derrotados pela cavalaria pesada. A batalha também teve um significado religioso. Magnencio restaurou alguns direitos aos pagãos, enquanto que Constancio chegou inclusive a deixar o campo de batalha para discursar na tumba próxima de um mártir.

 


Imagem: Charles Le Brun [Domínio público], via Wikimedia Commons