Hoje na história

02.jul.2008

Após quase seis anos, Farc libera política Ingrid Betancourt

No dia 2 de julho de 2008 chegou ao fim o sequestro de quase seis anos da política, senadora e ex-candidata à presidência na Colômbia Ingrid Betancourt. Ela foi liberada juntamente com outras 14 pessoas que estavam sob poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) – os demais sequestrados eram três norte-americanos e onze oficiais da polícia e do exército colombiano. Assim como Ingrid, boa parte dessas pessoas também ficaram em cativeiro por um longo tempo. A operação que liberou os sequestrados foi chamada de “Operação xeque-mate ao rei” e ela aconteceu sem o disparo de um tiro sequer. Depois de se infiltrar no comando guerrilheiro e interceptar sua comunicação, uma equipe de oficiais colombianos disfarçados de membros da Cruz Vermelha conseguiu uma indicação para uma transferência de prisioneiros. Sem violência alguma, a operação consistiu no voo de um helicóptero que faria um transporte dos prisioneiros. Os oficiais desarmaram os guerrilheiros a bordo do helicóptero e todos foram levados a um lugar seguro.

 


 

Imagem: BankingBum [CC BY 3.0], via Wikimedia Commons